Está a pensar comprar casa? Então isto interessa-lhe!

Para muitas pessoas, comprar uma habitação é um objetivo de vida, mas na hora de comprar casa há uma série de questões que se deve ter em conta e alguns cuidados.

Há aspectos mais ou menos óbvios como o tipo de imóvel, ou o número de quartos, mas há muitas outras questões a ter presente.

A compra de uma casa é um grande investimento, pelo que é necessário certificar-se de que analisou todos os aspetos importantes inerentes à compra que vai efectuar.

Eis algumas dicas importantes:

Localização e acessibilidades

A escolha do local onde vai viver vai ter um enorme impacto no seu dia a dia e na vida familiar.

É importante que avalie as suas necessidades e rotinas, e verifique que serviços e infraestruturas necessita ter ao seu redor. Estar próximo de escolas, creches, transportes, supermercados, de hospitais, etc é uma questão prática que não deve descurar.

Outro factor importante é que perceba o tipo de vizinhos que terá na sua futura casa. Podem fazer toda a diferença. Afinal, inevitavelmente, vai partilhar parte da sua vida com essas pessoas durante anos.

Por outro lado, não pode esquecer que a localização é um factor com implicações nos encargos com impostos nomeadamente o IMI pago ao município.

Por último cresce lembrar que uma boa localização permite que, no futuro, venda a casa com maior facilidade.

Orientação/exposição solar

A exposição solar da casa é muito importante, porque não só tem influência na sua qualidade de vida como nos custos energéticos. Para a nossa situação geográfica, uma casa voltada a norte, praticamente não apanha sol, apesar de mais fresca no verão, terá maiores custos de aquecimento no inverno, sendo mais suscetível a problemas de humidade.

Uma casa voltada a nascente apenas tem sol durante a manhã, enquanto as casas voltadas a sul e a poente são aquelas com maior exposição solar.

Documentação do imóvel

Depois de escolhida a casa que quer comprar, é importante assegurar-se que a casa está livre de problemas como penhoras, arrestos, usufruto, arrendamento, hipotecas, dívidas de condomínio, etc.

Assegure-se de que quem lhe está a vender a casa tem legitimidade para o fazer e que a documentação relacionada com a casa está em ordem.

É muito importante verificar se o edifício tem autorização de utilização e está regularizado junto da Câmara Municipal para evitar ter áreas construídas sem licença ou em desacordo com o aprovado, o que pode implicar custos extra de legalização ou no pior dos cenários a eventual demolição.

Se tem alguma dificuldade em fazer este tipo de análise, peça ajuda a um profissional. O melhor é jogar sempre pelo seguro.

Estado do edifício

No exterior tenha especial atenção à qualidade e estado de conservação da fachada. Os custos de manutenção e reparação são, por norma intervenções muito dispendiosas para os condomínios.

Verifique se existem fissuras, falta de revestimentos ou sinais de humidade, etc

Já no interior do edifício, esteja atento a sinais que indiciem patologias/defeitos de construção, começando pelos aspetos mais gerais como fissuras, sinais de humidade estado de conservação dos materiais, etc

Esteja também atento ao estado das instalações de água, gás e electricidade, bem como ao estado de conservação de equipamentos e móveis fixos.

Esta é também uma questão em que em caso de dúvida recorrer aos serviços de um profissional pode evitat muitas dores de cabeça e gastos indesejáveis.

Timming para comprar a casa

Os preços das casas variam, sendo influenciados por diversos fatores aliados à lei da oferta e da procura e ao próprio contexto económico. Quando o mercado está “vendedor”, ou seja existe muita oferta de imóveis para venda, é normal que os preços sejam mais acessíveis.

Por outro lado, sendo que na grande maioria das vezes a compra depende de crédito à habitação, é importante ter em atenção as condições oferecidas pelas instituições bancárias.

Tendo em conta que actualmente a EURIBOR se encontra em mínimos históricos, as taxas estão mais apelativas e portanto o crédito à habitação é agora mais acessível.

Negoceie as condições mais vantajosas

Na maioria dos casos o banco escolhido para o crédito à habitação é aquele com o qual já existe relação há algum tempo, mas na verdade essa pode não ser a solução mais vantajosa.

Existem muitos bancos a disponibilizar crédito à habitação e a oferta pode variar bastante, por isso é importante comparar diversas soluções do mercado e escolher a que é melhor para si. Procure ofertas noutras instituições bancárias e no limite apresente a sua melhor proposta ao seu banco para ver se conseguem igualar ou melhorar.

Se por outro lado está a comprar a casa com capital próprio, tente negociar o valor de forma a ser o mais ajustado possível e, de preferência, um pouco mais baixo para si.

Quando se trata de comprar uma casa pode fazer o trabalho todo sozinho e explorar por sua própria conta e risco todas as possibilidades, mas desfrutar da ajuda de uma agência pode evitar alguns erros e aliviar muito do stress associado ao processo.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Modelo-imagem-autor_1-edited-1.png

Susana Sobreira – Engª Civil

Partilhar artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk
Share on tumblr
Share on digg
Share on skype
Share on whatsapp
Share on email

Compare listings

Comparar
× Olá, podemos ajudar? Available from 10:00 to 19:00